Contagiados pelo Amor!

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Doar órgãos salva vidas


O Brasil é um centro de referência internacional em transplantes de órgãos. Mas o medo, fruto da desinformação, impede que muitas famílias de pacientes com morte encefálica autorizem a doação.

O Brasil tem bons motivos para celebrar o Dia Nacional de Doação de Órgãos e Tecidos (27 de setembro). Segundo a Associação Brasileira de Transplante de Órgãos, o número de transplantes de órgãos sólidos, doados por pacientes com morte encefálica, cresceu 11% em 2009 e 17% no primeiro semestre de 2010. Foram realizados 5.998 procedimentos em 2009 e quando comparados os 5.409 de 2008, o aumento surpreendeu positivamente as equipes e instituições envolvidas, qualificando o País como um centro de referência internacional na área de transplantes de órgãos. A perspectiva é que em 2010 o numero de transplantes ultrapasse 6.500.

Hoje, mais de 95% dos transplantes são financiados pelo Sistema Único de Saúde, que também subsidia os medicamentos imunossupressores aos pacientes. Esses fatos, aliados à construção de uma única lista de espera de receptores supervisionada pelo Ministério Público, democratizaram o acesso dos doentes ao transplante.

No entanto, a demanda ainda é maior que os transplantes realizados: quase 64 mil pacientes esperam por uma cirurgia. Tal defasagem está ligada, principalmente, à desinformação. Familiares de pacientes com morte encefálica – que precisam autorizar por escrito a retirada dos órgãos – nem sempre estão informados sobre o processo no momento de tomar a decisão. Abalada pela perda iminente do ente querido, a família se depara com questões cruciais. O que é morte encefálica? Qual é a hora certa de optar pela doação? Há risco de que os órgãos sejam retirados com o paciente ainda vivo?

Em 2009 o número de transplantes de órgãos sólidos, doados por pacientes com morte encefálica, cresceu 11%.
É importante saber: pacientes com morte cerebral ou encefálica não estão em coma. No estado de coma, o encéfalo – parte do sistema nervoso central contida na cavidade do crânio – está vivo e executando funções rotineiras, ainda que com dificuldade. Com a morte encefálica, essas funções não podem mais ser cumpridas. O diagnóstico é definido por uma equipe de médicos especialistas, com base em exames específicos. A morte é legalmente atestada quando não há atividade elétrica ou fluxo sanguíneo no cérebro e há perda definitiva e irreversível das funções cerebrais relacionadas à existência consciente. Só então a família pode autorizar a doação. Diversos órgãos e tecidos podem ser doados: coração, córneas, pulmões, rins, fígado, pâncreas, intestino, ossos, pele. Para garantir a isenção do processo, médicos responsáveis pelo diagnóstico de morte encefálica não estão autorizados a integrar equipes que realizam transplantes.

Dúvidas como essas podem e devem ser esclarecidas com o médico ou por meio de pesquisas em sites especializados e veículos de informação. O passo definitivo é expressar aos parentes a vontade de se tornar doador. É um gesto de consciência e generosidade. A morte sempre traz a dor de uma vida que se perde. A doação permite que outras sejam salvas.
*Doe Orgãos, Doe Sangue .... Doe Vida eu sou doadora seja você um doador também :)
Beijos e uma linda e abençoada semana é o que deseja o Amor é Contagioso a todos os leitores do blog.

Um comentário:

  1. Quer ser doador de órgãos, mas não sabe o que é preciso fazer para garantir que a sua vontade seja respeitada? O que diz a Lei brasileira de transplante atualmente? Saiba isso e muito mais fazendo as suas perguntas diretamente para o Ministério da Saúde, através do http://www.formspring.me/minsaude.
    Participe!
    Ministério da Saúde

    ResponderExcluir

Meu Presente pra você!

O Amor é Solidário,O AMOR É CONTAGIOSO.Vamor encher de amor o seu cantinho. O que esta esperando me leve com você


Tags

[Manual] COMO SER UM VOLUNTÁRIO (1) #transitomaisgentil (1) 20 Dicas Para o Sucesso (1) 25 de Novembro dia do DOADOR DE SANGUE (1) A Alegria Atrai o Amor (3) A colaboração: via de duas mãos (1) Agressão (1) Ama teu próximo como a ti mesmo (1) Amor (1) Apanhar (1) Aprender (1) Arthur Rompendo Limites (1) Ausente (Temporariamente) (1) BULLYING (1) China (1) CLIQUE ALIMENTOS - DEIXE A SOLIDARIEDADE TOCAR VOCÊ (1) Como ajudar as vítimas do terremoto no Haiti (1) Como Ser um Voluntário (1) Consulado Geral do Brasil em Nagoya (1) Copenhage (1) Coragem (1) Criança (1) Crianças Desaparecidas (1) CRIANÇAS NA INTERNET (1) Dedo (1) Deus (1) Dia Internacional do Voluntário - 05 Dezembro (1) DIA MUNDIAL DA SIDA (1) Disque Denúncia (1) Doar órgãos salva vidas (1) Doe para saber (1) Doe sua urina (1) Dormir de Barriga para cima é mais seguro (1) e você? (1) EUVI - © OFICIAL (1) Fechem o acordo (1) Feliz Ano Novo (1) Feliz Natal (1) FELIZ PÁSCOA 2010 (1) Fome (1) Força (1) Gazeta dos Blogueiros (1) Gentileza (1) Gera (1) gesto de amor (1) Gota (1) Haiti e o Mundo (1) Homem Animal (1) Incenriva Estudos (1) Joaquim (2) Ler (1) Levante-se e Faça a Sua Parte (1) Médico (1) Mulher (1) Mulher Consciente - Outubro Rosa (1) Mulheres com HIV são tema de documentário brasileiro (1) Nós Somos o Mundo (1) O AMOR É CONTAGIOSO (2) O Amor é Contagioso (Resenha) (1) O Amor é um Dom Supremo (1) o menino (2) O Mestre e o Escorpião (1) O Mundo que Sonhei (1) O Planeta é Voluntário (1) O que é a Dengue (1) O tesouro da vida (1) O Valor de um Sorriso (1) Oceano (1) Olimpiadas Solidária (1) Operação Sorriso (1) Outubro Rosa (1) Parabéns Mulher pelo seu Dia (1) paz (1) Precisamos de você para reconstruir o Haiti (1) Prêmio Exemplo Voluntário (1) Prosa (1) Repórter fala sobre a realidade Haitiana (1) Salvar Vidas (1) SEMANA BRASIL VOLUNTÁRIO 2009 (1) Sobre o laço cor de rosa leia esta história interessante (1) Solidariedade (3) Solidariedade - LUTO (1) sonho (2) TERAPIA DO SORRISO (1) Trabalho (1) Tragédia no Rio de Janeiro – Como ajudar (1) UM DEFEITO NA MULHER (1) Uma gota a mais de Saúde (1) Unidos (1) Violência (1) Violência Contra Mullher (1) Você pode ajudar o Haiti (1) Voluntariado: uma oportunidade de crescimento pessoal e profissional (1)

LUTO - Tragédia no Haiti

Pacto pela Cidadania